Cuidar da Alimentação

Claro, em nossa vida, vamos descobrir degustar, estudar e integrar os hábitos alimentares ao nosso dia-a-dia, para Cuidar da Alimentação. 

Esses hábitos (saudáveis ​​ou não) costumam existir em nossas vidas.

É comum encontrar pessoas que não se importam até que surjam alguns problemas graves, como colesterol, hipertensão e excesso de peso.

5 Dicas para Cuidar da Alimentação

1 Coma vegetais antes de iniciar uma refeição, pois ajudam a reduzir a fome antes do prato principal;

2 Opte por pequenos utensílios (pratos e talheres) que dão a sensação de que você serviu mais comida;

3 Mastigue devagar, de 20 a 30 vezes, saboreando cada porção;

4 Entre garfadas de comida, coloque os talheres sobre a mesa, pegue-os depois de mastigar e engolir completamente;

5 Faça suas refeições sem aparelhos eletrônicos ao redor, como televisão, pois eles tornam mais fácil se distrair e não perceber o quanto está comendo.

INCORPORE AÇÕES SIMPLES EM SUA ROTINA – CUIDAR DA ALIMENTAÇÃO

  • ESCOLHAS INTELIGENTES: opte pela versão integral de biscoitos, pães e massas. O alto teor de fibras e vitaminas é benéfico para o controle da glicose e do colesterol no sangue.
  • NÃO PULTE AS REFEIÇÕES: coma de cinco a seis vezes ao dia, de preferência a cada três horas (e respeite esses horários, não “pitada”).
  • AS PRINCIPAIS REFEIÇÕES: Café da manhã, almoço e jantar devem encontrar o máximo de nutrientes possível – não pule as saladas.
  • OS SNACKS: devem consistir em pequenas porções, alimentos como água de coco, iogurte natural, frutas e sanduíches leves são as principais indicações.
  • COMA O QUE VOCÊ QUER: o ponto é lembrar de consumir moderadamente.
  • PRÁTICA EXERCÍCIOS FÍSICOS: se você é totalmente sedentário, faça 30 minutos de caminhada diária, troque o elevador de escada e, se preferir, procure uma academia para planejar exercícios adequados à sua condição física.

Infelizmente, na maioria dos casos, a reeducação alimentar é incorporada à vida das pessoas após algum problema de saúde.

Com ele, inicia-se um processo de aprendizagem e mudança de comportamento por meio de orientações nutricionais, com o objetivo de incorporar hábitos alimentares saudáveis ​​ao cotidiano da pessoa.

Ao contrário do que muitas pessoas imaginam, não é necessário trocar todos os alimentos que você gosta por comer apenas saladas, frutas e alimentos light.

O detalhe é que, com a reeducação alimentar, você continua comendo de tudo, mas de forma equilibrada e sem exageros.

Mude o cardápio, invente composições, teste temperos, investigue a criatividade!

A reeducação exige foco, disciplina e, acima de tudo, consciência de quanto faz diferença.

Saiba que os resultados vão muito além da perda de peso e da prevenção de doenças.

Com a reeducação alimentar, a rotina como um todo muda é possível perceber mais disposição e energia para a realização das atividades, menos compulsão alimentar e, consequentemente, aumento da sensação de bem-estar.

Importante: não espere que sua saúde passe por uma turbulência para pensar e reeducar seus hábitos alimentares, comece hoje!

10 Dicas Importantes para Preservar o Meio Ambiente

Ministério da Saúde Biblioteca

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *